O governo do Rio Grande do Norte iniciou as rodadas de negócios, chamadas de Meeting Brasil – Missão Rio Grande do Norte, em cidades da Argentina, do Chile e do Uruguai para expor produtos e serviços aos agentes de viagens e operadores de turismo destes países.

Realizado nas cidades de Montevidéu (Uruguai), Santiago (Chile), Córdoba, Santa Fé e Rosário (Argentina) , o Meeting Brasil – Missão Rio Grande do Norte, evento internacional que reuniu empresários, destinos, produtos e atrativos turísticos de todas as regiões potiguares junto aos mercados argentino, chileno e uruguaio, destacou a participação de 17 fornecedores da cadeia produtiva do Estado nestes mercados emissivos do Conesul.

No total, esta edição do Meeting Brasil – Missão Rio Grande do Norte contou com a participação de mais de 750 agentes e operadores internacionais e companhias aéreas como Aerolíneas Argentinas, Gol, Avianca e a patagônica XX (qual das duas Lade ou Andes Linhas Aéreas). “Tivemos um aproveitamento muito bom nestes dias de encontros comerciais no Conesul. Alguns fornecedores brasileiros tiveram resultados imediatos durante os meetings”, destaca o diretor geral da Expan Mais, Jair Pasquini.

Para a diretora-presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Ana Maria da Costa, o Estado tem se fortalecido nos últimos anos e se desenvolvido, cada vez mais, no aspecto turístico. “Hoje, o Rio Grande do Norte conta com uma forte infraestrutura turística, capaz de receber um maior número de visitantes e se manter como a porta de entrada para os destinos no Nordeste, oferecendo nos principais atrativos uma gama de opções que vai além de sol e mar”, afirma Ana Maria.

Somente em 2016, segundo a Superintendência da Polícia Federal no Rio Grande do Norte, o destino cresceu 12% no número de turistas internacionais se comparado ao ano anterior. O índice aponta um aumento de 3.261 turistas estrangeiros no Estado potiguar, saltando de 27.164 em 2015, para 30.425 registrados no ano passado. Os argentinos lideram o ranking de turistas da América do Sul.

“Os meetings internacionais permitem uma aproximação real dos mercados (fornecedores, distribuidores, buyers e destinos) diretamente com os agentes de viagens, operadores e órgãos oficiais”, diz Pasquini. “Nosso foco, para esta edição, é fortalecer a imagem do Rio Grande do Norte como um destino forte e capacitado para receber toda a demanda internacional de turistas de lazer ou negócios”, finaliza o diretor da Expan Mais.

Mais informações? Acesse o site www.expanmais.com.br ou envie um e-mail para jair@expanmais.com.br